CARTA DO PRESIDENTE

Com o objetivo de oferecer aos nossos Colaboradores um instrumento para orientar e auxiliar suas ações e tomadas de decisões dentro dos preceitos éticos, a Vitopel está implantando o Código de Conduta Ética.

Nele, estão contidas as principais referências que devem reger o relacionamento da empresa com seus colaboradores, fornecedores, comunidade, clientes e partes interessadas.

O Código de Conduta Ética não só busca atender aos princípios de comportamento empresarial, como também reforça os valores da nossa empresa com todos os públicos com os quais nos relacionamos.
Este documento vem para acrescentar valor, apoiar o crescimento e a constante busca pela excelência.

O Código de Conduta Ética tem aplicação obrigatória e imediata. Leia-o detalhadamente, compreenda seu conteúdo e utilize este documento como uma fonte valiosa para guiar suas ações no seu dia-a-dia.

Se necessário, procure o seu superior imediato ou a área de Recursos Humanos para sanar eventuais dúvidas sobre o conteúdo do documento.

Atenciosamente,
Osvaldo Coltri
Diretor Presidente

O objetivo deste documento é criar um Código baseado no respeito mútuo, na dignidade, solidariedade e reciprocidade que são à base da convivência em nosso ambiente de trabalho.

Através dele, expressamos com termos simples, os comportamentos que esperamos uns dos outros, sem distinção de setores, especialidade ou hierarquias. Na Vitopel, compartilhamos objetivos comuns, tendo como compromisso o cumprimento da legislação, a produtividade e os interesses da organização, resguardando a integridade e a qualidade de vida de todos.

Operar com um forte sentido de integridade é essencial para conservar a confiança e a credibilidade junto dos nossos clientes, fornecedores, prestadores de serviços, sociedade/governos, comunidade, colaboradores, acionistas e outras partes interessadas.

Criar um ambiente de transparência na condução da atividade empresarial é fundamental para todos nós. Neste sentido, o Código de Conduta Ética permeia o nosso compromisso de agir com sinceridade e autenticidade nas nossas relações.
O Código de Conduta Ética, além de atender aos princípios de conduta empresarial da Vitopel, reforça a missão, visão e valores da nossa empresa.

A Vitopel, buscando a excelência em seus processos e adoção das melhores práticas, esta em conformidade com a lei 12.846/13 de práticas anticorrupção.

RESPONSABILIDADE
Cabe a todos os Colaboradores de nossa empresa assumir a integral responsabilidade pelos atos praticados no exercício de seu cargo ou de sua função. Isso implica em não se omitir e não transferir para o outro a responsabilidade pelo cumprimento das políticas, normas e procedimentos da empresa.

CONFLITO DE INTERESSE
O conflito de interesse na relação Colaborador-Empresa ocorre quando o Colaborador utiliza sua influência ou comete atos com o intuito de favorecer interesses particulares e que se contraponham ao interesse da empresa ou possam causar danos ou prejuízos a ela. Todos os Colaboradores da empresa devem evitar conflitos de interesses reais ou potenciais. Se qualquer um dos Colaboradores considerar que possa vir a exercer qualquer atividade que gere conflito de interesse, este deve buscar aprovação prévia de seu superior imediato ou do representante do Comitê de Ética. O Colaborador não poderá realizar atividades externas que comprometam sua dedicação à Vitopel, como prestar consultoria ou ocupar cargo em organizações com interesses conflitantes ou que realizem negócios com a Vitopel. Não será permitido nenhum tipo de transação comercial particular dentro das instalações da empresa. A Vitopel disponibilizará a sessão “Classificados” nos quadros murais apenas para divulgar venda de bens próprios de Colaboradores. Os anúncios deverão ser feitos através do RH das unidades e deverão especificar telefones ou contatos particulares para que as transações sejam realizadas fora do horário e do local de trabalho.

Também não são aceitos vínculos societários, próprios ou por intermédio de familiares diretos, com fornecedores ou concorrentes da empresa, se o cargo que o Colaborador ocupa lhe conferir o poder de influenciar transações ou permitir acesso a informações privilegiadas.

PRECONCEITO
A Vitopel não admite discriminação ou preconceito de qualquer natureza, entre eles raça, nível hierárquico, condição social, religião, faixa etária, sexo, convicção política, nacionalidade, estado civil, orientação sexual ou condição física.

USO DE ÁLCOOL, DROGAS E PORTE DE ARMA
É proibida a ingestão de bebidas alcoólicas no horário de trabalho e a entrada na empresa em estado de embriaguez. E proibido, também, o uso ou porte de drogas e a permanência no ambiente de trabalho em estado alterado pelo uso dessas substâncias, o que poderia afetar a segurança ou o desempenho dos demais Colaboradores. Não é permitido o uso de armas nas dependências da empresa, com exceção dos profissionais expressamente autorizados.

PARTICIPAÇÃO POLÍTICA
E vedado ao Colaborador realizar, em nome da Vitopel, qualquer contribuição em valor, bens ou serviços para campanhas ou causas políticas, exceto mediante deliberação da Diretoria da empresa, devendo esta contribuição ser realizada dentro da legislação vigente. A Vitopel respeita o direito individual dos Colaboradores de se envolverem em assuntos cívicos e participarem do processo político. Porém, tal participação deve ocorrer em seu tempo livre, fora das dependências da empresa e à sua própria custa.

Nessa situação, o Colaborador deve tornar claro que as manifestações são suas e não da Vitopel. Recursos, espaço e imagem da empresa não podem ser usados para atender a interesses políticos pessoais ou partidários.

PATRIMÔNIO DA EMPRESA
Os bens, equipamentos e instalações da empresa destinam-se ao uso exclusivo de suas operações e não podem ser utilizados para fins particulares.

É responsabilidade do Colaborador zelar pelo bom uso e conservação do patrimônio da empresa colocado sob sua guarda, bem como o seu ressarcimento nos casos de eventuais danos.

BRINDES E PRESENTES
Nenhum Colaborador da Vitopel deve aceitar ou oferecer presentes, direta ou indiretamente, ou favores de caráter pessoal que possa influenciar decisões, facilitar negócios ou beneficiar terceiros. Presentes poderão ser aceitos se possuírem valor inferior a 50 dólares e após autorização da chefia imediata.
Quando o valor do presente for acima de 50 dólares o Colaborador deverá levar previamente ao conhecimento e à aprovação de sua Diretoria. E vedado o oferecimento ou recebimento de ofertas em dinheiro por qualquer motivo.

PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS PATROCINADOS
Convites para eventos com despesas custeadas por clientes, fornecedores, órgãos governamentais e outros, somente podem ser aceitos quando existir a real oportunidade de desenvolvimento de contato comercial, que tenham sido estendidos também a profissionais de outras empresas e mediante autorização prévia da Diretoria.

ASSÉDIO E ABUSO DE PODER
A Vitopel não admite qualquer tipo de assédio sexual, econômico, moral ou situações que configurem pressões, intimidações ou ameaças no relacionamento entre Colaboradores, independentemente de seu nível hierárquico.
É considerado abuso de poder usar a posição hierárquica para solicitar a seus subordinados serviços pessoais.

O Colaborador que se considerar discriminado, alvo de preconceitos, pressões de ou práticas abusivas ou em situação de desrespeito e se sentir constrangido em tratar do assunto com seu superior hierárquico, deve comunicar o fato ao Comitê de Ética.

IMPRENSA
Os contatos com a imprensa serão promovidos, exclusivamente, pelos porta-vozes designados pela empresa, após prévia autorização da Diretoria e orientação da Assessoria de Imprensa contratada. E vedado, portanto, a pessoas não autorizadas,realizar contato com a imprensa em nome da Vitopel.

PROPRIEDADE INTELECTUAL
O resultado do trabalho de natureza intelectual e de informações estratégicas, gerados na empresa, é de propriedade exclusiva da Vitopel. São confidenciais e de propriedade da Vitopel as informações financeiras, planejamentos, orçamentos, lançamentos de produtos, desenvolvimentos de produtos antes de sua homologação e patentes, mesmo que o Colaborador tenha participado de seu desenvolvimento.

O Colaborador é responsável por tratar de forma confidencial as informações sobre a propriedade intelectual a que tenha acesso em decorrência de seu trabalho, utilizando-as deforma cuidadosa.

Todos os Colaboradores da Vitopel são responsáveis pela guarda de documentos relativos às suas atividades e devem certificar-se de que documentos confidenciais não fiquem expostos em períodos de ausência de seu posto de trabalho. Não é permitida a divulgação dessas informações sem a autorização expressa da direção da empresa.

Informações confidenciais em resposta a pedidos legítimos de autoridades governamentais deverão ser fornecidas somente através de Colaborador devidamente autorizado para tal.

O uso externo de informações de propriedade intelectual da empresa constitui ação ilícita, inclusive após o desligamento do Colaborador.

RECURSOS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO
A Vitopel possui e mantém atualizado o Procedimento de Gestão de equipamentos e uso de tecnologia da informação e diante disso, todos os Colaboradores da empresa deverão respeitar e seguir as normas e orientações nele contido.

SAÚDE, SEGURANÇA E MEIO AMBIENTE
A saúde, a integridade física dos Colaboradores e a proteção ao meio ambiente são prioridades para a Vitopel. A Vitopel adota Política de Gestão Integrada que permeia todos os processos da empresa e que todos os Colaboradores deverão cumpri-lá.

FORNECEDORES E PRESTADORES DE SERVIÇOS
O relacionamento com nossos fornecedores devem ser pautados no respeito e na busca permanente de desenvolvimento de produtos e servicos que agreguem valor à Vitopel e fortaleçam a posição competitiva dos fornecedores.

Os fornecedores da Vitopel devem ser avaliados por meio de critérios claros e sem discriminação. Toda decisão de fornecimento de produtos ou serviços para a Vitopel deve ter sustentação técnica e/ou econômica. Para ser aceito como fornecedor da empresa, o postulante deverá declarar não fazer uso de trabalho infantil, degradante ou forçado assim como apresentar todos os documentos legais exigidos e obedecerás exigências estabelecidas nas políticas e procedimentos.

CLIENTES
É compromisso da Vitopel contribuir no processo de criação de valor para seus clientes, por meio do atendimento de suas expectativas e do desenvolvimento de soluções inovadoras. Os requisitos e as expectativas dos clientes devem ser considerados, e todos aqueles que forem acordados devem ser rigorosamente cumpridos.

A Vitopel não discrimina clientes, seja por origem, porte econômico ou localização e nossas informações sobre produtos e serviços devem sempre ser claras e verdadeiras.

COMUNIDADE
A Vitopel está comprometida com o desenvolvimento econômico e social das comunidades onde está inserida. O investimento social externo deve ser orientado pelas reais demandas das comunidades e estar alinhado com as diretrizes da Vitopel, de forma a atender a projetos que efetivamente promovam a transformação social.

SOCIEDADE , SINDICATOS DE CLASSE E GOVERNOS
Deve ser observado o cumprimento das leis e regulamentos aplicáveis às atividades da empresa em todos os níveis da administração pública (federal, estadual e municipal), bem como de outros países onde a empresa realize negócios.

A Vitopel respeita a livre associação, reconhece as entidades sindicais como representantes legais das empresas e dos Colaboradores e busca o diálogo constante para a solução de conflitos de qualquer natureza.

Este Código visa abranger a maioria das situações presentes no dia-a-dia da Vitopel. Porém, podem existir situações não previstas neste documento ou que sua interpretação não esteja clara ou, ainda, que causem constrangimento por parte do Colaborador para tratá-las diretamente com seu superior hierárquico.

Para essas situações existe o Comitê de Ética. O Colaborador que queira reportar um descumprimento deste Código deve fazê-lo ao seu chefe imediato ou ao Comitê de Ética, quando julgar ser o caso. Denúncias de fraude, apropriação indébita, suborno em atos ou transações comerciais que envolvam colaboradores, fornecedores, contratados e parceiros de negócio, deverão ser apresentadas ao Comitê de Ética, acompanhadas de fatos e dados concretos. Toda denúncia, ou descumprimentos recebidos serão tratados com confidencialidade.

Os Colaboradores que realizarem as denúncias não sofrerão nenhum tipo de retaliação por parte da empresa.

CANAL DE DENÚNCIA
A violação ao estabelecido no Código deverá ser denunciada assim que identificada, utilizando-se o seguinte canal:

• Telefone: 0800 721 9561
• E-mail: linhaeticavitopel@kpmg.com.br
• Website: www.linhaetica.com.br/kpmg/vitopel

Ao fazer a denúncia, em qualquer um dos canais acima, o Colaborador não
necessitará se identificar.

Todas as denúncias serão tratadas de forma confidencial.

LIDERANÇA
Cabe aos líderes, em todos os níveis, garantir que seus subordinados e contratados conheçam e apliquem os preceitos deste Código.

Eles devem ser também exemplo de conduta a ser seguido pelos demais Colaboradores.O Gerente Industrial de cada unidade é o responsável direto por todo o processo dentro de sua unidade, cabendo a ele a responsabilidade de monitoramento, auditoria, cumprimento e aplicação das penalidades pelo descumprimento do Código.

Os demais Gerentes, Coordenadores e Supervisores têm o compromisso de compartilhar com o Gerente Industrial essa responsabilidade.

No caso dos demais sites (Buenos Aires e Vila Olímpia) a responsabilidade pelo processo ficará a cargo do Gerente do site ou na ausência deste, da Diretoria ou Presidência da empresa.

COLABORADORES
Todos os Colaboradores da Vitopel devem tomar ciência desse documento no momento de sua admissão, como parte do Programa de Integração que é conduzido pela área de Recursos Humanos da empresa. Nessa ocasião deverá será feita uma explicação geral do código e reafirmada a obrigatoriedade e a responsabilidade de cada um no seu cumprimento. Após isso, cada um deverá assinar um documento declarando conhecer o mesmo e reafirmando o entendimento do seu conteúdo.

COMITÊ DE ÉTICA
A Gestão das diretrizes estabelecidas pelo Código de Conduta Ética da Vitopel ficará a Cargo do Comitê de Ética coordenado pela KPMG Auditores e composto pelo Presidente da Empresa, Sr. Osvaldo Coltri e pelo Sr. Emil Farjersson , membro do Conselho de Acionistas do Grupo Vitopel.
Caberá a esse comitê:

• Analisar as questões éticas divergentes e/ou diretrizes que não estiverem previstas neste documento;

• Resolver eventuais deneuncias que envolvam essas matérias;

• Aprovar ajustes, sugestões e atualizações que forem necessárias. KPMG AUDITORES
São atribuições da KPMG como coordenador deste Código:

• Receber e dar andamento nas denúncias, bem como obter e extrair dados relevantes dos denunciantes. ;

• De maneira regular e extemporânea sugerir revisões nos procedimentos contidos nesse documento para inclusão, alteração ou retirada de princípios hoje determinados, submetendo a aprovação do Comitê de Ética.

VALIDADE
A partir da sua efetiva divulgação, o Código de Conduta Ética passa a fazer parte das normas e procedimentos da Vitopel devendo ser seguido por qualquer Colaborador da empresa. O não cumprimento das normas deste Código e das demais Políticas de Gestão da empresa pode acarretar sanção disciplinar, rescisão de contrato, até mesmo por justa causa, ou medidas judiciais.

DIVULGAÇÃO E CIÊNCIA
A área de Recursos Humanos garantirá a correta divulgação deste material para que todos conheçam devidamente o seu conteúdo assim como a periódica reciclagem do mesmo.

Caberá à área de RH realizar guarda de documentação que evidencie que o Colaborador tomou ciência de seu conteúdo. Tal documento com a assinatura do Colaborador deverá ser arquivado junto ao seu prontuário.