meio-ambiente-sustentabilidade_vitopel

Sustentabilidade

Sustentabilidade

As linhas de produtos da Vitopel estão totalmente voltadas a atender aspectos de sustentabilidade, desde o momento em que os produtos são desenvolvidos.

Os filmes de BOPP produzidos pela Vitopel oferecem uma excelente relação de custo-benefício, agregando alta qualidade, preocupação ambiental e performance. Os filmes de BOPP também contam com propriedades de barreira, brilho e deslizamento, com menor espessura. Isso resulta em melhor rendimento por m², com menor consumo de material.

A qualidade dos filmes da Vitopel é refletida no desempenho das linhas produtivas de seus clientes convertedores e end users, o que reduz o impacto ambiental com economia de recursos.

Todos os resíduos gerados dentro dos processos produtivos da Vitopel são reaproveitados e podem entrar novamente no circuito e se transformar em novos produtos.

Dentro dessa política, a Vitopel inovou e desenvolveu o Vitopaper, um papel sintético único no mundo, feito a partir de plásticos reciclados pós consumo.

vitopel_papel_vitopaper

Vitopaper

vitopaper_vitopel_embalagem_transparente_verdura_legumes

Visando atender à crescente demanda ligada à sustentabilidade, a Vitopel desenvolveu o Vitopaper® – um papel sintético produzido a partir de plásticos reciclados de pós-consumo.

  • VitoPaper® é produzido a partir de plásticos reciclados e pode ser utilizado em diversos projetos gráficos, como livros, revistas, mapas, cardápios, materiais promocionais, relatórios anuais e de sustentabilidade, rótulos, cartuchos, capas de processos, cadernos, etc.
  • VitoPaper® é fabricado através da tecnologia de produção do BOPP, porém com aspectos visual e tátil similares aos do papel. Possui excelente opacidade e textura mate. Não rasga e é impermeável. Tem propriedades antiestáticas adequadas às impressoras rotativas ou planas.É importante considerar que o VITOPAPERMR não tem permissão para contato com alimentos em função do uso de materiais reciclados em sua composição e que os materiais plásticos de pós-consumo não possuem rastreabilidade de origem.